Diferenças

Presidente Diferenças (Miguel Palha)

A 1 de Outubro de 1990, foi fundada a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21 (APPT21) e as primeiras opções estratégicas foram a prestação de cuidados a crianças afectadas por esta doença genética. Pouco depois, logo no início da década de 90, a associação introduziu, em Portugal, as mais modernas metodologias de avaliação e de intervenção relacionadas com esta patologia e, volvidos menos de dois anos, foi decidido generalizar a experiência a outras doenças, pelo que a instituição passou a proporcionar Programas de Intervenção específicos para a síndrome do X Frágil, para a Síndrome de Williams e para os Défices Cognitivos (atrasos mentais) com ou sem causas conhecidas. A partir de 1995, de uma forma progressiva, sistemática e coerente, a associação passou a proporcionar cuidados específicos a crianças e a adolescentes com outras perturbações do desenvolvimento, designadamente com Dificuldades de Aprendizagem (Dislexia, Disgrafia e Discalculia), com Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção, com Perturbações da Linguagem, com Perturbações da Coordenação Motora, com Autismo e com a Síndrome de Asperger.

Na sequência deste sucesso técnico-científico, um conjunto de profissionais, todos treinados pela Escola de Desenvolvimento da APPT21, a que se associaram figuras nacionais de primeiro plano nas áreas do Desenvolvimento e da Neuropediatria, decidiram que, no ano de 2004, se daria início a um novo ciclo institucional e assistencial, expresso, entre outras iniciativas, pela edificação de um Centro de Desenvolvimento Infantil localizado a Chelas, Lisboa.

Constituiu-se, assim, pela diversidade e qualidade dos serviços prestados, o Centro DIFERENÇAS, que é um dos mais criativos e avançados Centros de Desenvolvimento da Europa, e que acompanha, no tempo presente, mais de 9.000 crianças em todo o país. Como exemplo, o Centro proporciona apoio a cerca de 1.200 pessoas com Trissomia 21 (maior casuística do mundo desta patologia).

A deficiência, sobretudo infantil, é, indubitavelmente, um dos maiores dramas que se abatem sobre a espécie humana, em grande parte devido à inexistência de estruturas de apoio eficazes.

As Organizações não Governamentais que operam nesta área debatem, -se, sempre, com gritantes carências de ordem financeira, o que impede qualquer programação das actividades a prazo.

Com a finalidade de tornar auto-sustentável toda a vida financeira do Centro de Desenvolvimento Infantil DIFERENÇAS, a BBDO e os seus dirigentes, em associação a diversas personalidades e instituições, dinamizou a produção e a distribuição de um conjunto inovador e único de objectos de design. Este projecto social, denominado EfeitoD, será capaz de dar uma visibilidade sem precedentes a esta causa, bem como de criar uma fonte de valor susceptível de financiar as actividades do Centro, tornando-o independente de subsídios esporádicos.